© 2019 por Bucciano Assessoria em Comunicação.

Siga a gente!
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
Buscar
  • Primeiros Passos

Como a criança pode acreditar mais em si mesma?

A criança acredita em si mesma quando tem coragem de tomar iniciativas e de agir com autonomia no meio social. Regra geral, seu comportamento é adequado às situações. São aquelas crianças que consideramos “educadas”.

Algumas famílias impedem que essa confiança em si seja construída de dois modos: por excesso de críticas e um nível de exigência acima do que a criança seja capaz de corresponder ou fazendo dela um ser especial que tudo pode, capaz de comandar o comportamento dos adultos conforme as suas vontades.




Por que é importante acreditar em si?


A criança insegura se intimida perante os pequenos desafios do cotidiano, como disputar um brinquedo com um colega ou ter aula com uma professora que não conhece. Muitas vezes também compensa sua insegurança com comportamentos inadequados ou agressivos. É aquela criança que faz tudo para “aparecer”.


As frustrações são importantes para que uma pessoa

acredite em sim mesma?


As frustrações, na medida certa, funcionam como vacinas que previnem distúrbios e sofrimentos quando a criança entra em contato com um desafio maior.


No dia a dia, após uma decepção, por nota baixa, por

exemplo, como uma criança faz para ainda ter autoconfiança e acreditar que é capaz?


Se ela já tem algum treino de frustração, se não consegue tudo o que deseja como se vivesse num mundo irreal, ela será capaz de aceitar e entender os motivos na nota baixa (Não terá estudado o suficiente? Faltou às aulas?) e fazer como nos versos do samba do Vanzolini: “sacudir a poeira e dar a volta por cima”.


Como superar vergonha?


Atualmente as crianças não costumam se envergonhar perante os colegas com suas notas baixas. Se os Pais não fizerem um drama nem a massacrarem por causa disso, se a professora explicar porque ela não alcançou a nota máxima, ela entenderá os motivos do fracasso e se recuperará em outra oportunidade.


Qual é a importância da autoestima durante formação da pessoa?


Sem autoestima a criança crescerá sentindo-se não merecedora das coisas boas da vida e, ao contrário, achará que merece passar por situações adversas ou relacionar se com pessoas mal intencionadas


Como acreditar em si mesmo diante das críticas?


Esse será um caminho difícil. Se a criança cresce cercada de críticas e parece que tudo o que ela faz não é aprovado por seus pais e professores, ela aprenderá a criticar e não dará valor às qualidades que certamente possui. Construir uma auto imagem positiva em meio a um ambiente excessivamente exigente é como nadar contra a corrente. Exigirá dela mais tarde muito esforço e compensações vindas de outros meios sociais, como o profissional e o afetivo.

Em muitos casos, haverá necessidade de um tratamento terapêutico para ajudá-la a separar as próprias percepções sobre si daquelas que lhe foram impostas. Os pais que não aceitam o temperamento e o modo de ser dos filhos, suas escolhas e orientações, provocam neles uma das piores experiências afetivas do ser humano: a de não corresponder às expectativas de quem lhe trouxe à vida.


Vailde Bragança Silveira de Almeida

Pedagoga e Psicóloga

Sócia-proprietária do Berçário e Escola de Educação Infantil Primeiros Passos (Santos/SP).

39 visualizações